governo limita salário de novos servidores em 5 mil

CONCURSOS PÚBLICOS: Salário inicial de R$ 5 mil para concursos do Executivo Federal?

O governo anunciou propostas de mudança nas carreiras dos funcionários públicos do Executivo Federal. A principal delas (pelo menos para os concurseiros) é a redução dos salários iniciais. Independente do cargo, qualquer carreira do Poder Executivo Federal teria a partir de agora um salário inicial limite de R$5.000,00.

Após esse anúnico, recebi centenas de e-mails de concurseiros preocupados com as medidas anunciadas, querendo saber a minha opinião pessoal sobre esse tema. Assim, decidi gravar um vídeo para vocês.

O salário inicial será de R$ 5 mil para qualquer cargo na esfera federal?

Em primeiro lugar, é importante reforçar que essa alteração ainda depende de aprovação do Congresso (e não acredito que será fácil aprová-la). A justificativa do governo é de que que os funcionários públicos recebem, em média, o triplo de um profissional do mercado privado em ocupações de níveis fundamental e médio. No caso de cargos de nível superior, a média é mais que o dobro.

Apesar da justificativa acima, é importante ressaltar a importância das carreiras típicas de Estado no funcionamento da máquina pública. Não há como comparar a remuneração dessas carreiras com o profissional do mercado privado, pois como o próprio nome sugere, elas são típicas de Estado.

Outro detalhe importante: essa medida (salário inicial de R$ 5mil) não será adotada para o Legislativo e o Judiciário Federal, bem como, para os Estados e Municípios.

Congelamento dos salários de servidores em 2018

O Congresso recebeu também propostas para adiar o reajuste dos servidores de 2018 para 2019. O que antes era adiamento para o segundo semestre, agora é congelamento total por um ano. Mais uma vez, o Governo afirma que é uma economia necessária para ajudar a conter a crise.

Previsão de outros cortes para servidores

Além de limitar o salário de entrada dos trabalhadores no serviço público, o governo quer cortar vários auxílios assegurados atualmente ao funcionalismo. Vai limitar o prazo para recebimento do auxílio-moradia; reduzir gasto com ajuda de custos e outros. Cargos ainda não ocupados não serão mais preenchidos. No pacote de medidas de ajuste fiscal para funcionalismo, o governo também quer propor um aumento da contribuição previdenciária dos servidores de 11% para 14%.

E agora? Devo desistir de estudar para concursos públicos?

Não. A proposta é mal feita e ainda tem muita coisa que deve ser levada em consideração. Depois de muitos anos nessa área, você vai cansar de ouvir boatos e medidas do governo em tramitação que podem mudar tudo, mas sempre ficam só nisso. No fim, tudo se acerta. E espero que não seja diferente agora.

Veja, abaixo, a minha opinião sobre essa notícia que abalou diversos concurseiros:

Um abraço, Alexandre Meirelles!

You have Successfully Subscribed!

Dúvidas ou comentários? Escreva no campo de “comentários” logo abaixo. Fique à vontade para compartilhar este artigo nas redes sociais:

2 respostas
  1. Tadeu Junior says:

    Mestre, eu acho o que deve ser aprovado no congresso nacional é:
    1-adiamento do reajuste salarial para 2019
    2-aumento da contribuição previdenciária (de 11% para 12 % e não 14)
    3-Corte ou redução de alguns benefícios ou auxílios para servidores
    Quanto a reestruturação remuneratória das carreiras do Poder Executivo Federal (salário inicial limitado a R$ 5.000,00 aos novos servidores), não deve ser aprovada agora, pois isso demanda a elaboração de um estudo bem detalhado com mais informações sobre quais carreiras seriam atingidas com tal medida.

    Na página 14 da apresentação do ministro Diogo Oliveira sobre a Programação Fiscal 2017-2018, consta que 39% dos servidores se aposentarão nos próximos 10 anos.

    link da apresentação:
    http://www.fazenda.gov.br/centrais-de-conteudos/apresentacoes/2017/despesa-de-pessoal-dyogo-oliveira.pdf/view

    O que você acha disso?

    Aguardo resposta

    Responder
    • Luiz Muniz says:
      Olá Alex,

      Obrigado pelas palavras. Se tiver alguma sugestão de tema para os próximos vídeos / artigos, é só mandar…

      Abraços e bons estudos!

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *