Inglês para concurso, pós e prova de títulos

Pós e curso de línguas ajudam no concurso público?

Fazer uma pós-graduação, especialização ou um curso de línguas pode me ajudar na prova de um concurso público? Uma especialização em direito tributário, que é uma matéria que cai na prova, vai me fazer sair melhor? Como estudar inglês para concursos? Devo fazer um cursinho de inglês? Muitas perguntas, mas vamos responder todas hoje. Já posso adiantar que se não é um curso especializado para concursos, você deve tomar bastante cuidado quanto a ele. Alguns podem te ajudar na prova de títulos, e se você não sabe nada de línguas, pode se sentir mais seguro fazendo um curso de inglês para concurso. Nesse post vamos analisar cada caso para você tomar essa decisão com segurança.

Inglês para concurso: como estudar

Alguns concursos tem provas de inglês ou espanhol. Um cursinho padrão de línguas não é a melhor opção para você estudar. Aprender conversação e listening, como é ensinado em cursos de inglês, é perda de tempo para o concurseiro. Todo esforço ou investimento que você faz deve ser voltado com o objetivo da aprovação. Se o que você está fazendo não é de ordem básica (como trabalho, lazer e família) ou vai te levar a aprovação, descarte. Então como estudar inglês para concursos? Você pode estudar por apostilas ou com professores e cursos de inglês para concurso. Apenas o que é necessário para a prova, e nada mais.

Acrescentar currículo para a prova de títulos

Da mesma forma que o curso de inglês, uma pós-graduação ou especialização não vai te ajudar muito.  São raros os casos em que você vai precisar de tudo o que aprendeu. Entre todo o tempo que você leva para fazer a pós, você estaria muito melhor se estivesse simplesmente estudando as matérias. A especialização só vai te servir no caso de provas de títulos: quando ela vai te dar pontos na prova só por você tê-la. Nesse caso, não é problema nenhum fazer a mais rápida possível. Mas evite fazer à toa. Mais uma vez, só faça o que for te passar no concurso. Confira o vídeo sobre o assunto: