Revisão para concurso: posso fazer só exercícios?

Revisão para concurso: posso fazer só exercícios?

Tenho certeza absoluta de que um dos fatores que mais diferenciam os candidatos é a capacidade de resolver exercícios correta e rapidamente. Muitos saberão razoavelmente o conteúdo das disciplinas no dia da prova, mas marcar o maior número de respostas corretas nas questões de concursos é o que fará a diferença. Para isso, resolver exercícios para concurso em grande quantidade é essencial.
Se sair bem não depende só do conhecimento, porque há centenas de candidatos que sabem muito a matéria e não passam. São craques na teoria mas não sabem passar esse conhecimento todo para a prova. Então como fazer a sua revisão para concurso? Foco totalmente nos exercícios ou tenho que voltar na teoria? Posso usar provas de concursos e simulados de concurso público para revisar o material e me testar ao mesmo tempo?

Revisando apenas com exercícios para concurso

A resposta da pergunta acima é: depende. Vamos explicar melhor: foi cientificamente comprovado que, se logo após o estudo da teoria não houver nenhum tipo de fixação, haverá esquecimento de 70% do que estudou. Mas se fizer, haverá 70% de retenção da informação. Sabendo desse estudo, qual a conclusão a que chegamos? Que precisamos fazer exercícios imediatamente após estudarmos a teoria de um assunto, sempre que possível. Na maioria dos livros teóricos há uma bateria de exercícios para fazer no final de cada capítulo. Se for este o caso, mande bala neles. Em matérias de exatas, faça um guia com suas fórmulas e comece a resolver exercícios. Nesse ponto não tem muito mistério, pois não existe muita teoria para trabalhar. Já falamos um pouco sobre que tipos de exercícios você deve fazer.

A importância da teoria: às vezes só fazer questões de concursos não basta

Como falamos antes, sem fazer revisões a maioria do que você estuda se perde com o tempo. Você tem que acreditar que as revisões são necessárias para a fixação do assunto e que devem ser feitas logo, não podendo adiar muito. Se você demorar, o tempo gasto com elas será maior, devido ao maior esquecimento do estudado. Em matérias teóricas, não tem como fugir, você precisa fazer um resumo dos principais pontos e revisá-los. Mas fique atento: a revisão massiva do conteúdo não produz melhor memorização do que a leitura feita de forma correta. Procure fazê-las no dia seguinte ao estudado, sem deixar parta o outro dia. Gostamos de sugerir uma média de 10 minutos de revisão para cada hora estudada no dia anterior. No nosso último vídeo, aproveitei para falar bem sobre o uso de exercícios e teoria na hora das revisões. confira:

Provas de concursos e simulados de concurso público como métodos de revisão

Você pode pegar um simulado para concurso público ou uma prova para concurso e resolver para treinar. Eles são excelentes fontes de estudo e revisão pois você acaba treinando diversos pontos de uma disciplina ao mesmo tempo, o que não ocorre ao resolver as questões de um livro/PDF ao final do capítulo. Outra coisa importante: é para fazer todos os exercícios de um determinado capítulo do meu material de uma vez? Eu aconselho que não. Creio que a melhor alternativa é fazer alguns deles imediatamente após o estudo teórico, o suficiente para ajudar na memorização do que estudou e para testar se realmente entendeu aquele conteúdo. Mas procure deixar a maioria para outro dia de estudo daquela disciplina. Chamamos isso de parcelamento de exercícios. Voltaremos a abordar o assunto em outros posts!

Um abraço, Alexandre Meirelles!

 

You have Successfully Subscribed!

 

Dúvidas ou comentários? Escreva no campo de “comentários” logo abaixo. Fique à vontade para compartilhar este artigo nas redes sociais:

16 respostas
  1. Wilson Cabral says:

    Olá Alexandre, tudo bem? Parabéns pelo site, antes de mais nada.
    Minha pergunta é: como se motivar nesse período sem concurso e sem perspectiva de que algo aconteça no curto prazo. Já me peguei tentando recomeçar os estudos mas a falta de foco/objetivo joga muito contra…

    Grande abraço.

    Responder
  2. arthur says:

    olá professor

    Poderia ajudar os concurseiros estudando para a receita federal com esse absurdo teto inicial e com essa ideia de reestruturar a careira colocando area de formação especifica ?

    poderia fazer um video explicando e dando sua opnião já que todos os outros professores que dizem ser “Coachs” não falaram nada e se calaram deixando todos os alunos num aaflição terrível!!!!

    Responder
    • Alexandre Meirelles says:
      Arthur,
      essa história de teto inicial muito baixo pra RFB não rola, o que pode haver é uma redução, mas não muito drástica.
      Quanto a haver formação específica, onde viu isso? cheira a boato total.
      Abs,
      Alex

  3. Tadeu Junior says:

    Mestre, poderia fazer um artigo para explicar melhor aquela revisão 24h, 7d e 30 dias? alguns especialistas em concursos não recomendam esse tipo revisão para um ciclo de 10 ou mais disciplinas. Aguardo resposta. Tadeu

    Responder
  4. Michele says:

    Sensacional o artigo!!!!

    Mais uma dúvida. .. Temos que fazer revisão 24h depois e mais 7 dias depois ou apenas 24h depois é suficiente?

    Muito obrigado

    Responder
  5. Ricardo says:

    Alex,

    Sou teu fã. Comprei dois livros teu foi sensacional o aprendizado que obtive! E, Parabéns pelo site!

    Um grande abraço

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *